CULTURA BRASILEIRA

A contribuição japonesa para a formação da cultura brasileira

Tomoo Handa - Colheita do café - 1958 - Óleo sobre tela - Museu Histórico da Imigração Japonesa.

Atualmente, o Brasil é o país com a maior quantidade de japoneses fora do Japão. Integrados à cultura brasileira, contribuem com o crescimento econômico e desenvolvimento cultural de nosso país.

Os japoneses trouxeram, junto com a vontade de trabalhar, sua arte, costumes, língua, crenças e conhecimentos que contribuíram muito para o nosso país. Além disso, implantaram novas técnicas nos campos brasileiros, trouxeram as suas comidas típicas, a sua religião budista xintoísta e contribuíram de forma expressiva para a formação da mistura que é o povo brasileiro.

No começo do século XX, o Brasil precisava de mão-de-obra estrangeira para as lavouras de café, enquanto o Japão, passava por um período de grande crescimento populacional. A economia nipônica não conseguia gerar os empregos necessários para toda população, então, para suprir as necessidades de ambos países, foi selado um acordo imigratório entre os governos brasileiro e japonês.

Nos primeiros dez anos da imigração, aproximadamente quinze mil japoneses chegaram ao Brasil. Este número aumentou muito com o início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Pesquisas indicam que de 1918 até 1940, aproximadamente 160 mil japoneses vieram morar em terras brasileiras.

Os japoneses têm uma forte ligação com o Brasil e com a cultura do mesmo, a seguir algumas curiosas contribuições de origem japonesa que integram a realidade e a cultura brasileira.

• Os desenhos japoneses são apresentados no Brasil desde a década de 60.

• Amendoim japonês criado no Brasil por Nikkeis.

• Em 1991, a ala japonesa da escola de samba contou com 600 foliões, a maioria Nikkeis.

• Assai é um município paranaense criado por imigrantes japoneses, o significado do nome é “sol nascente”.

• Os nikkeis respondem por aproximadamente 15% dos aprovados da Fuvest, mesmo representando cerca de 0,7% da população brasileira.

• A religião budista foi introduzida no Brasil pelos japoneses.

• Bairro da Liberdade é um bairro tipicamente japonês situado na cidade de São Paulo, é hoje considerado um ponto turístico.

• Beisebol: esporte difundido no Brasil graças aos japoneses.

• Bonsai: técnica de conservar árvores em miniatura desenvolvida com muito sucesso no Brasil.

• A cidade paulista Bastos é a maior produtora de ovos do país, quem deu início a esse processo foi um japonês que levou 30 galinhas para a cidade.

• Uso do bambu na confecção de artesanato.

• Introdução do caqui doce no Brasil.

• Zori, criação japonesa que deu origem às sandálias de dedo.

• Carpa é uma espécie de peixe cuja criação foi impulsionada por japoneses.

• Cerejeira: árvore nativa do Japão que é cultivada no Brasil.

• Cão da raça akita: cão que andava com os samurais, chegou ao Brasil na década de 70.

Tomoo Handa (Utsunomiya, província de Tochigi, 1906 - Atibaia, 1996) foi um pintor, desenhista, historiador, escritor e jornalista nascido no Japão e que imigrou para o Brasil onde permaneceu por toda sua vida.

Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Cultura brasileira - OpenBrasil.org